Comando da polícia diz que irá apurar suposto vídeo de uma Policial Militar que fez dança sensual seminua exibindo arma

Policial faz dancinha sensual portando armas, vídeo viraliza, mas no final deu ruim para ela.

PUBLICIDADE

O vídeo de uma policial que aparece em uma dança sensual seminua portando uma arma viralizou na internet e chamou muita atenção principalmente pelo fato de ser uma policial militar.

Após o vídeo viralizar o Comando Geral da Polícia Militar do Ceará se pronunciou sobre o fato ocorrido e através de um boletim informou que foi instaurada uma sindicância para disciplinar e transferir a policial que protagonizou a cenas no vídeo que circularam nas redes sociais.

PUBLICIDADE

De acordo com o comando as imagens comprometeram a reputação da instituição da Polícia Militar e toda a corporação. A soldado que protagonizou a cenas sensuais no vídeo foi identificada como a PM Andreza Vitória Rakoff Escossio.

O vídeo foi imensamente compartilhado em diversas redes sociais e aplicativos do WhatsApp, em um dos vídeos que foram compartilhados Andreza Vitória aparece seminua em uma dança sensual e em outro vídeo ela está em um carro em movimento exibindo armas juntamente com um amigo que não foi identificado cantando músicas que fazem apologia ao crime enquanto exibe as armas, algo completamente fora daquilo que se espera de uma policial cujo dever é servir e proteger.

PUBLICIDADE

No terceiro vídeo que foi compartilhado a PM aparece em um ambiente, supostamente uma boate, ela está na companhia de jovens e eles ingerem bebidas alcoólicas e novamente a PM Andreza sensualiza com armas.

O caso repercutiu imediatamente e teve uma imensa resposta na internet principalmente entre os colegas de fardas que falaram sobre o episódio ocorrido em programas policiais que vão ao ar pela TV, por esse motivo o comando da Corporação rapidamente decidiu tomar as providências antes que a coisa e piorasse.

PUBLICIDADE

Assista a um dos vídeos:

Através de uma nota emitida o Major da PM Paulo André Pinto Saraiva foi designado para abrir a sindicância que iria apurar todos os fatos do episódio ocorrido envolvendo a policial. Principalmente por causa da grande repercussão que envolveu o nome da Polícia Militar e supostos militares que demonstraram condutas inadequadas a que a população espera dos policiais militares.

Em outro boletim a PM informou que a policial havia sido transferida. O caso foi muito comentado em todas as redes sociais.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.