Homem que tirou a vida e concretou o corpo de uma mulher na parede de obra por causa de R$ 50 é preso e confessa o crime

O caso aconteceu em abril desse ano.

PUBLICIDADE

Lucas Raphael dos Santos Silva, de 33 anos, foi preso em capixaba Belo Horizonte e confessou que é o autor do assassinato de uma mulher que estaria usando drogas com ele, depois de matar ele concretou o corpo dela na parede de uma obra em Vila Velha em abril deste anos. Ele foi preso na última sexta-feira (12)

Lucas disse que é o autor do crime e afirmou que matou a mulher por causa de r$ 50.  O homem disse que havia consumido droga durante a noite toda do dia 5 e na madrugada do dia 6 de abril quando aconteceu o crime.

PUBLICIDADE

De acordo com informações da Polícia, quase amanhecendo o dia ele conheceu a vítima que era conhecida apenas pelo apelido ‘de menor’. Ele então convidou a mulher para ir com ele até uma obra de um centro comercial onde Lucas trabalhava e dormia para que os dois consumissem drogas juntos.

Lucas então contou que percebeu que havia sumido r$ 50 dele, ele então acusou a vítima e os dois começaram uma discussão, ‘de menor’ começou a gritar por socorro e para impedir que outras pessoas ouvissem Lucas apertou o pescoço dela.Ele ainda disse que quando a mulher perdeu o sentido ele pensou que ela estaria morta e resolveu esconder seu corpo. A polícia afirmou que ele deixou a vítima cair e ela bateu a cabeça, em seguida Lucas deixou o corpo dela nos fundos da obra e concretou em uma parede fugindo em seguida.

PUBLICIDADE

O corpo da mulher foi descoberto por trabalhadores da construção no dia 10 de abril, a polícia foi chamada e as investigações começaram.

A polícia Conseguiu chegar até Lucas porque ele trabalhava na obra e era o único que dormia no local onde o corpo foi encontrado. O laudo cadavérico apontou traumatismo craniano como causa da morte da vítima, a polícia não conseguiu identificá-la porque estava sem documentos.

PUBLICIDADE

Desde então a polícia realizou uma operação para prender Lucas, eles montaram campana nas proximidades do abrigo e da obra onde ele trabalhava. A polícia também contou com ajuda do pastor que era responsável pelo abrigo onde Lucas costumava dormir às vezes, para conseguir realizar prisão.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Pedro Henrique

Amo escrever sobre todo o tipo de assunto, notícias e atualidades são minha paixão. Contato: [email protected]