Com o apoio da ala militar, Jair Bolsonaro poderá demitir Mandetta nesta semana

A avaliação do Planalto é irrevogavel

PUBLICIDADE

O presidente Jair Messias Bolsonaro deve demitir o ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta de seu cargo até o fim desta semana. Com o apoio da ala militar que já conhece a incompatibilidade do presidente Bolsonaro com o ministro da saúde, o martelo foi batido no Palácio do Planalto e de acordo com eles, Mandetta será demitido nesta semana.

Em sigilo, o próprio ministro alegou esperar pelo seu próprio fim em seu cargo. De acordo com o Palácio,o anuncio de que ele será exonerado ocorrerá no decorrer desta semana. O ministro continua trabalhando normalmente, porém já espera o pior do presidente.

De acordo com o relato do Luiz Henrique Mandetta, ele não pedirá para ser mandado embora, então a única forma será sendo dispensado de seu cargo. De acordo com o Radar, Bolsonaro já possui cerca de três nomes de substituição para o atual ministro da saúde.