Contestando eleição e pedindo intervenção militar, caminhoneiros interditam rodovias pelo Brasil

Manifestação alega fraude nas urnas.

PUBLICIDADE

A noite do último domingo (30) ficou marcado pelo anúncio da vitória de Lula nas urnas. O ex-presidente conquistou a eleição com pouco mais de 2 milhões de votos de diferença para o atual presidente, Jair Bolsonaro.

Após o anúncio do Tribunal Superior Eleitoral, diversas figuras da política nacional e internacional já se manifestaram reconhecendo a escolha nas urnas e a legalidade das eleições. No entanto, o país registra protestos em diversas rodovias.

Segundo apuração, pelo menos 11 estados registram manifestações de caminhoneiros que se recusam a aceitar a derrota do presidente Bolsonaro. Em alguns dos atos, os manifestantes chegam a pedir a volta da ditadura militar, outros defendem que as eleições foram fraudadas.

A Polícia Federal se manifestou afirmando que está conduzindo agentes para os pontos onde acontecem as manifestações para monitorar a situação e garantir que haja fluxo nas vias; isto é, impedir que as ruas sejam totalmente bloqueadas.

PUBLICIDADE

Nos vídeos a seguir você pode conferir mais detalhes do ocorrido.