Mulher espancada com socos e chutes decide não denunciar: “Não vou ficar perdendo tempo em delegacia”

A vítima foi orientada a procurar a delegacia especializada no decorrer da semana, para que fossem tomadas as medidas cabíveis. Contudo, ela disse a guarnição que não tinha tempo pra isso e que não iria ficar perdendo tempo em delegacia.

PUBLICIDADE

No Último domingo (8), uma mulher de 48 anos foi agredida pelo ex-companheiro, segundo informações da vítima eles haviam terminado o relacionamento há mais de dois meses.

A confusão aconteceu no bairro Esperança em Ipatinga MG, eles estavam em um bar, começaram a discussão e o homem agrediu a mulher

PUBLICIDADE

A mulher foi amparada pela polícia militar e aconselhada a procurar a delegacia para denunciar o ex companheiro, mas ela disse que não iria perder tempo na delegacia e voltou para o bar.

Segundo informações do boletim de ocorrência a mulher afirmou aos policiais que estava no bar bebendo com os amigos, quando o ex-namorado chegou ao local e deu diversos socos e agrediu.

PUBLICIDADE

Os golpes foram tão fortes que ela chegou a cair no chão, após caída no chão o acusado ainda deu chutes e socos em diversas partes do corpo, o nariz estava sangrando, no momento que os policiais chegaram testemunhas que estavam no bar no momento interviram e o homem acabou fugindo.

Os policiais foram até o local onde consta a moradia do rapaz mas ele não se encontrava na residência, estava trancado ninguém estava na casa.

PUBLICIDADE

A mulher estava com o rosto todo inchaço e o cortes nariz, embora a polícia a convidou a fazer a denúncia ela recusou ir à delegacia e também ser levada para o hospital, mas voltou para o bar ela disse aos policiais que não tinha tempo para ficar perdendo na delegacia.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.