Aos 12 anos menina monta escola e dá aulas para crianças do Maranhão durante a pandemia

em as aulas, o aprendizado de muitas crianças ficou comprometido. Entretanto, a pequena Érika Leal, de 12 anos, teve uma ideia que mudou a realidade de uma comunidade localizada na zona rural de Coelho Neto, cidade a 385 km de São Luís.

PUBLICIDADE

Com a pandemia da covid-19 diversas atividades foram suspensas com risco de infecção entre essas está a escola seja privada ou estadual, os quatro cantos do país estão sem as aulas, com isso o aprendizado das crianças fica comprometido apenas estudam online e algumas crianças ainda possui dificuldades por não terem internet.

PUBLICIDADE

Entretanto em meio a tudo isso a pequena Érica Leal de apenas 12 anos de idade revolucionou tendo uma grande ideia no meio da sua comunidade que fica na zona rural de Coelho Neto.

Ela abriu uma escolinha para as crianças, tudo começou no início de maio após uma brincadeira com as crianças, o clima estava muito seco e após estarem cansadas de brincarem na rua ela teve essa ideia de brincarem de escolinha.

PUBLICIDADE

Érica então providenciou tudo e criou uma sala de aula, Érica disse que a pandemia alastrou-se por todo lugar e devido a essa situação eles pararam de estudar e eles estavam iniciando brincando de escolinha, estava se divertindo porque o tempo estava muito quente mas acabou se tornando uma coisa bem interessante para eles voltarem as aulas.

Érica montou uma turma de mais de 20 alunos de diferentes idades e funcionava em uma área reservada, uma casa no bairro.

PUBLICIDADE

Mas depois eles precisaram deixar pois o dono não gostou da ideia, a menina pediu a mãe para que arrumasse um local para que eles pudessem fazer a escolinha e eles chegaram a dar o nome de “Escolinha da Esperança”.

Com o tempo eles arrumaram novo local escolhido pela própria mãe da Érica e conseguiram livros e cadernos para iniciar as aulas.

A menina disse que tudo era reciclado, mas era algo interessante para todos eles, após essa história chegar nas redes sociais a Prefeitura de Coelho Neto se sensibilizou e passou a contribuir com a menina para que a escolinha avançasse, o local foi planejado foi criado uma vaquinha na internet e a escolinha ficou do jeito que Érica sempre sonhou.

 

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.