Bruno pode ficar perto do filho que tentou assassinar e avó fica desesperada: ‘É apavorante’

A avó de Bruninho afirmou ter muito medo de deixar o neto sozinho com Bruno, confira

PUBLICIDADE

Preso no ano de 2010, responsável por ter assassinado Eliza Samudio, mãe de seu próprio filho, Bruninho, o ex-goleiro Bruno pode agora se aproximar do filho e a situação deixou a avó da criança desesperada. Na época do crime o goleiro não queria assumir a criança e Eliza tentou fazer de tudo para provar que Bruninho era mesmo filho do ex-atleta do flamengo.

As investigações concluíram que Bruno não tinha apenas a intenção de tirar a vida de Eliza. Ele queria também colocar um fim no filho.

Hoje Bruninho possui 9 anos de idade e vive com Sônia Samúdio, sua avó e mãe de Eliza. Recentemente o ex-goleiro recebeu a permissão da Justiça para viver em regime semiaberto e também para poder atuar por clubes de futebol.