Cadu Barcellos que trabalhou em Porta dos Fundos foi morto no centro do Rio com diversas facadas

O cineasta Cadu Barcellos, de 34 anos, foi morto a facadas na madrugada desta terça-feira (10) no Rio. Ele foi atacado na esquina da Avenida Presidente Vargas com a Rua Uruguaiana, no Centro.

PUBLICIDADE

Cadu Barcellos de 34 anos, foi atacado e morto na Avenida Presidente Vargas na Rua Uruguaiana no centro do Rio de Janeiro.

O caso aconteceu na madrugada da última terça-feira (10), o cineasta foi morto com diversas facadas, segundo informações o rapaz havia saído de carona em um carro de uma amiga que seguia para o centro da cidade.

PUBLICIDADE

Perto do metrô ele foi rendido, alguns testemunhos disseram que ouviram gritos de socorro por volta das 3 horas da madrugada, Cadu morreu no local.

Segundo um amigo, o jovem foi morto provavelmente por causa do celular e um pouco de reais que estava no bolso, Cadu Barcellos era dançarino, produtor, fez parte da porta dos fundos, e um longa “5 Vezes Favela”.

PUBLICIDADE

O cineasta foi mais uma vítima do crime no Rio de Janeiro, deixou esposa e dois filhos, o corpo foi levado para o Instituto Médico Legal.

A Policial Militar do 5º BPM foram acionados, mas quando chegar o local Cadu já estava sem vida, os policiais encontraram uma pessoa suspeita de envolvimento no crime.

PUBLICIDADE

A delegacia de homicídios está com o caso, segundo os amigos Cadu era uma pessoa do bem e um grande artista.

Foi uma fatalidade o que aconteceu com ele, infelizmente os bandidos não querem simplesmente pegar um celular ou dinheiro, eles estão dispostos a tirar a vida de qualquer pessoa porque não tem nada a perder.

Essa situação tem se repetido e muitos terão que perder a vida para que alguma coisa seja feita a respeito.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.