Casos de necrofilia estão sendo denunciados, crime de vilipêndio a cadáver estão acontecendo em funerárias e (IMLs) no Brasil

Três meses após denunciar à Polícia Federal e ao Ministério Público que pessoas abusam sexualmente de cadáveres femininos em Institutos Médicos Legais (IMLs) e em funerárias, no Brasil, Nina Maluf sofreu ameaças de morte.

PUBLICIDADE

O Ministério Público em parceria com a Policial Federal está investigando abusos em cadáveres realizados em Institutos Médicos Legais e em funerárias do Brasil.

PUBLICIDADE

Um casal Nina Maluf e Vinícius Cunha, estão sofrendo ameaças por dar publicidade ao caso conhecido como festa do IML.

PUBLICIDADE

As imagens chegaram a ser publicadas nas redes sociais, fotos de mulheres mortas nuas sendo abusadas.

Nina garante que essas festas foram realizadas dentro de funerárias e do Instituto Médico Legal, é um absurdo que até depois de mortas mulheres sofrem abuso.

PUBLICIDADE

Após 3 meses nada foi feito a respeito das pessoas que estavam realizando essas práticas, elas chegaram até a incentivar e fizeram piadas sobre o assunto.

Nina disse que a repercussão foi ruim somente para ela, quem estava cometendo esse crime não sofreu nenhuma punição, mas ela e o esposo estão sendo ameaçados de morte, os dois são donos de funerárias e as autoridades ignoraram a denúncia.

Agora o Ministério Público do Rio Grande do Sul, informou que a denúncia será investigada o documento será encaminhado a policial Metropolitana, eles continuarão investigando o caso.

A Policial Federal não quis comentar o assunto, nem falar sobre a investigação, a pena prevista para quem comete crime contra cadáver é de 3 anos de prisão além de multa.

Após a publicação muitas pessoas comentaram dizendo que era fake News e brincaram com toda a situação, mas Nina garante que havia fotos de mulheres bonitas que haviam sofrido acidente de carro ou suicídio.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.