Criança encontrada em barril detalha o que sofria pelo pai: ‘água sanitária para dar banho’

O menino foi resgatado pela Polícia Militar com sinais de desnutrição avançada

PUBLICIDADE

No último sábado (30) veio a público um caso impactante de tortura contra uma criança na cidade de Campinas. Após terem sido feitas denúncias por vizinhos à equipe da Polícia Militar, que foi a responsável por ter resgatado o menor, de 11 anos de idade, que foi encontrado acorrentado em um barril de ferro, com suas mãos e pés presos.

Três pessoas foram presas no momento como suspeitas de terem cometido as torturas contra a criança, dadas como responsáveis pelo crime. Entre elas, estava o pai do garoto, que foi acusado de ter cometido atos de tortura contra o menino.

PUBLICIDADE

De acordo com o que foi relatado pela PM, o garoto foi encontrado no momento sem roupa e em estado debilitado. Ele também estava em estado de desnutrição avançada. Em seguida, acriança foi resgatada do local, e ao ser libertada foi atendida por uma equipe do SAMU, e levado posteriormente para o Hospital Ouro Verde.

A criança vai permanecer internada no hospital em questão até que consiga novamente ter o seu peso restabelecido. Também foram feitos exames no local, e agora aguarda-se pelo resultado destes exames para comprovar o estado de saúde criança.

PUBLICIDADE

A respeito do período em que esteve sob tortura, cometida pelo próprio pai, a criança contou que em alguns momentos chegou até mesmo a se alimentar com suas próprias fezes, dentro do barril em que esteve preso, visto que ele não recebia comida de seus torturadores. Em outro momento, o menino também relatou que para lhe dar banho, o pai jogava água fria e água sanitária.

 

Via: welteodoro.com

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.