Família modifica local de velório do diretor Jorge Fernando, e despedida será no Teatro Leblon

As ultimas homenagens ao ator e diretor ocorrerá nesta terça-feira, dia 29, das 8 às 10 horas para o público, e após será fechados apenas para amigos e familiares.

PUBLICIDADE

O velório do ator e diretor Jorge Fernando foi definido para esta terça feira dia 29 de Outubro, e será realizado no teatro Lebron, na sala Marília Pêra.

A cerimônia será aberto para o público prestar as suas ultimas homenagens a Jorge Fernando, e permanecerá assim das 08 as 10 horas da manhã.

PUBLICIDADE

Após esse horário, a partir das 10 até 12 horas, os portões serão fechados e as homenagens serão apenas de familiares, amigos e colegas de profissão do ator e diretor.

A princípio o velório de Jorge Fernando teria sido estipulo para ser realizado no cemitério do Caju, porém algumas horas depois ocorreu de vazar uma informação através da redes sociais de uma sobrinha dele, que haveriam de mudar o local de velório.

PUBLICIDADE

Não foi revelado o motivo que levou os familiares a modificar o local onde seria velado o ator e diretor para receber as ultimas homenagens em seu nome, e em seguida o sepultamento será no cemitério do Caju.

Como informado, Jorge Fernando faleceu na noite de Domingo, por volta das 20 horas da noite, aos seus 64 anos, Ele teria procurado ajuda após sentir fortes dores, e por isso ficou internado no hospital Copa Star em Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro.

PUBLICIDADE

Mas infelizmente depois de muitas tentativas de reanimação, o diretor se foi vitima de um aneurisma, decorrente de um AVC que ele teria enfrentado em Janeiro do ano passado (2017).

Seu último trabalho como diretor e ator foi na novela “Verão 90” que acabou recentemente, onde foi a abertura para o seu regresso na TV, pois ele estava se recuperando das sequelas do AVC que havia sofrido.

Muitos amigo e companheiros de trabalho, lamentaram a perda irreparável prematuramente do ator e diretor, e quiseram prestar as suas ultimas palavras orgulho e respeito a ele.

Entre inúmeras mensagens, estava também a do autor de novelas Walcyr Carrasco, que fez questão de relembrar das muitas novelas em que trabalharam juntos.

E finalizou afirmando que Jorginho, colmo era carinhosamente conhecido, estava partindo para alegrar o céu com seu humor e sua alegria contagiante, declarando que ele faria muita falta aqui e terminou com “Adeus, adeus”!

 

PUBLICIDADE

Escrito por Margareth Santos

Gosto de dedicar uma parte do meu tempo levando noticias e informações através de matérias relacionadas a tudo, inclusive de saúde, culinária, famosos e do mundo da maternidade.