Filho de pastor mata mulher grávida para não assumir paternidade do filho que ela estava esperando

Gabriel teria cometido o crime para ocultar o seu relacionamento extraconjugal

PUBLICIDADE

Um caso inacreditável aconteceu em Rondônia e está sendo investigado pela Polícia Civil onde a gestante Antonielle  Nunes Martins de 32 anos foi morta com golpes de facada. A mulher tinha 32 anos e o caso aconteceu em Rolim de Moura em Rondônia.

De acordo com as informações Gabriel Henrique Santos Souza Mascioli de 28 anos é o principal suspeito de ter cometido o crime.

PUBLICIDADE

De acordo com as informações dos investigadores o suspeito de ter cometido o crime é filho de pastores evangélicos e é casado com outra mulher com quem também tem um filho. Ele estava tendo um caso fora do casamento.

Gabriel teria cometido o crime para ocultar o seu relacionamento extraconjugal que teve com Antonielle. De acordo com as informações Gabriel esteve na delegacia para confessar o crime, mas a polícia não prendeu porque não houve nenhum flagrante. Ele então foi liberado e depois detido algumas horas depois com prisão decretada pela justiça.

PUBLICIDADE

Antoniele teria se encontrado com Gabriel na casa que ela morava a noite onde aconteceu uma discussão e Gabriel passou a agredir a mulher grávida. Ele a golpeou com uma faca no pescoço e ela não resistiu ao ferimento.

De acordo com o delegado a motivação do crime seria o fato de Antonielle revelar para Gabriel que estaria esperando um filho dele.

PUBLICIDADE

O caso segue em andamento e a polícia apurando todos os fatos para elucidar de vez o caso.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.