PUBLICIDADE

Foragido de fraude no DPVAT é preso após descuido na internet

O empresário acabou publicando sua localização na internet e foi pego

PUBLICIDADE

Márcio Rodrigo Cantoni é um empresário suspeito de ser o líder de um esquema de fraude no DPVAT. O empresário foi preso em Minas Gerais, quando estava em um resort.

Segundo informações fornecidas pela polícia, Márcio se encontrava no distrito de Monte Verde, Camanducaia, com sua namorada. Márcio estava foragido e acabou sendo pego por um descuido após publicar sua localização e uma rede social.

Ao ser encontrado, o suspeito ainda apresentou à polícia um RG com nome falso, mas um tempo depois acabou confessando quem ele era. O foragido também confessou ter pago cerca de R$ 5 mil para um policial não prendê-lo anteriormente.

No ano de 2017, mês de maio, Márcio Cantoni e outras quatro pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público do Paraná por fraudes. De acordo com a policia, cerca de 500 pessoas acabaram sendo vítimas da fraude.

PUBLICIDADE

O MP esclareceu que o grupo de Márcio “que tinha como objetivo identificar e angariar vítimas de acidente de trânsito e, em seguida ingressar com ações judiciais em nome delas, por meio de procurações e documentos falsos, pedindo indenização referentes ao seguro obrigatório”.

Com a liderança de Cantoni, o grupo se apropriavam indevidamente dos valores de indenizações e prejudicava as vítimas. Ele foi conduzido ao Presidio de Extrema, no estado de Minas Gerais. O empresário responderá por corrupção, falsidade ideológica e porte de drogas.

Márcio foi preso no dia 27 de dezembro de 2019, porém só foi divulgado nesta última sexta-feira, 3 de janeiro. O advogado do suspeito não quis falar com a imprensa, então não se sabe mais detalhes sobre o ocorrido.

PUBLICIDADE

O DPVAT faz uma alerta ao usuários e aconselham a não aceitarem ajuda de terceiros para conseguirem o seguro.

E você, o que pensa a respeito de tudo isso? Lembre-se de emitir sua opinião. Ela é de grandiosa importância para nossa equipe de redação e sempre contribui para o diálogo de temas com relevância para nossos leitores.

Via: g1.globo.com