Homens se recusam a pagar almoço de suas crianças, e espancam garçom de 17 anos e vídeo mostra tudo

PUBLICIDADE

A pedido do patrão, um garçom de 17 anos anotou a placa do cliente que se recusou a pagar a conta. Depois de fazer isso, ele foi espancado pelos acusados ​​de tentarem ficar devendo ao restaurante. Tudo isso aconteceu depois que dois homens, uma mulher e duas crianças chegaram ao restaurante.

Lá, todos consumiam, mas quando foram ao caixa fazer pagar, não aceitaram fazer o pagamento pelo consumo das crianças que o acompanhavam. Diante do atrito, o dono do restaurante pediu ao garçom que anotasse a placa do carro para que essas pessoas não fossem mais atendidas no restaurante. Então, o jovem executou a ordem de obter a placa do carro. Os homens perceberam que ele estava anotando a placa do carro e atacaram o menino.

O garçom foi agredido com socos, chutes e até cadeiradas. Além dos homens terem se recusado a pagar por tudo aquilo que foi consumido, terminaram a visita ao restaurante com agressão física contra o garçom.

O garçom ficou com ferimentos em várias partes do corpo, incluindo rosto, nos olhos, nariz, e nas costas. A grande violência contra o rapaz que estava apenas fazendo bem o seu trabalho foi uma atitude covarde.

PUBLICIDADE

Nas redes sociais os internautas mostraram repúdio as agressões gratuitas contra um jovem trabalhador. Sendo assim, os internautas clamaram por justiça para que tais agressores sejam punidos e presos por agressões tão covardes contra um menino de 17 anos.

Via: g1.globo.com