Justiça decreta prisão preventiva de mãe e avó do menino de 8 anos que era mantido preso em cubículo: “O menino estava fraco, desnutrido, cheio de cicatrizes”

O TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro) decretou, nesta quarta-feira (19), a prisão preventiva da mãe e da avó do menino autista de 8 anos que era mantido em cárcere privado, em Belford Roxo, Baixada Fluminense.

PUBLICIDADE

A justiça decretou a prisão da mãe e da avó do garoto de 8 anos que era mantido em cárcere privado em Belford Roxo na Baixada Fluminense.

As duas mulheres foram presas na última segunda-feira (17) na 54ª DP da cidade, Rafael de Almeida Rezende ressaltou que a criança foi encontrado pelos policiais foi levado ao hospital estava muito fraca, desnutrida, tinha algumas marcas de agressões cicatrizes e os dentes estavam escuros.

PUBLICIDADE

Haviam falhas nos cabelos, a criança estava assustada com medo sofria intenso sofrimento físico e mental e não recebia alimentação adequada.

A mãe e avó estava com a guarda da criança deveriam cuidar deveriam zelar, mas o menino estava abandonado e sofrer agressões era tratado como um animal.

PUBLICIDADE

O menino foi resgatado pelos policiais na última segunda-feira e levado ao hospital, o Conselho Tutelar está cuidando do garoto e decidirá com quem ele ficará.

A denunciou foi feita pelos próprios vizinhos que souberam das agressões e chamaram a polícia.

PUBLICIDADE

As mulheres no momento que foi feito o resgate não estavam na casa mas acabaram sendo presas em flagrante por crime de cárcere privado.

O garoto foi levado para o hospital de Belford Roxo e está em tratamento, um morador vizinho saltou o muro da casa e fez a filmagem, onde é possível ver a criança presa em um cômodo apertado não tinha nenhuma higiene e nem alimentação, o menino não conseguia nem se levantar.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.