PUBLICIDADE

Levar crianças para bloqueios pode resultar em perda de guarda

Exposição de crianças a risco de confronto pode levar a processo.

PUBLICIDADE

Enquanto os atos bolsonaristas se espalham pelas rodovias do país, cenas assustadoras circulam nas redes sociais e geram repercussão. Dentre as cenas estão, por exemplo: saudações nazistas, carro avançando bloqueio e atropelando manifestantes, crianças sendo colocadas na linha de frente, dentre outros.

Em particular o último exemplo citado, a presença de crianças nas manifestações irregulares e antidemocráticas tem sido duramente criticadas e o motivo é bastante simples.

A Justiça já autorizou o uso de força para desobstruir as vias. Policiais já usam jatos d’água, bala de borracha, bomba de efeito moral e spray de pimenta, para dispersar os grupos que tem impedido o fluxo. O que acontece se uma criança estiver no local?

Em Santa Catarina, por exemplo, o Conselho Tutelar chegou a ser acionado depois que a polícia constatou a presença de crianças no local. A exposição das crianças naquela situação representava risco tanto a integridade física, quanto a moral.

PUBLICIDADE