Mãe reencontra filha de 16 anos desaparecida há dois dias: “Não quis saber de bronca, enchi de beijos e abraços”

A adolescente Sabrina Cartaxo Araújo Pereira, de 16 anos, que estava desaparecida desde terça-feira (26), voltou para casa nesta quinta (28). De acordo com a mãe da jovem Mariana Cartaxo, a filha saiu de casa em Copacabana, no Rio de Janeiro, pela manhã e deixou um bilhete:

PUBLICIDADE

Na última quinta-feira 28 Sabrina Araújo de 16 anos que estava desaparecida voltou para casa, segundo informações da mãe Mariana Cartaz a filha estava desaparecida desde a última terça-feira 26.

Ela saiu de casa no Rio de Janeiro pela manhã deixou um bilhete para a mãe informando que tinha saído para caminhar e já voltava para casa, mas as horas passaram passou se um dia e ela não voltou.

PUBLICIDADE

Diz que entrou em contato com o namorado na quinta-feira, ele desconfiou e encontrou a adolescente na zona sul do Rio de Janeiro.

A mãe da adolescente disse que ficou muito assustada com a repercussão no caso e pediu ajuda, a mãe disse que agora estão em casa e se assustou com tudo o que aconteceu e à proporção que tomou o caso.

PUBLICIDADE

Mãe e a sogra prestar depoimento na delegacia, foi muito terrível imaginar que ela estava desaparecida e quando a encontrou a encheu de beijos e abraço, chorava muito, não há palavras para descrever o sentimento que sentia naquele momento.

O alívio que sentia, Sabrina saiu de casa na última terça-feira em Realengo Zona Oeste do Rio de Janeiro, o segurança do prédio mostra o momento que ela saiu de casa carregava uma mochila ela foi encontrada na casa do avô.

PUBLICIDADE

Mariana diz que o motorista de aplicativo que a menina chamou foi de Copacabana até Realengo e o homem chamava Pedro, mesmo nome do namorado da adolescente, felizmente foi uma grande confusão terminou bem, disse a mãe.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.