Ministro da Saúde, Mandetta, será demitido nesta semana

Com apoio dos militares do Planalto, Bolsonaro deve substituir o ministro da saúde ainda nesta semana

PUBLICIDADE

Todos já conhecem a incompatibilidade entre Jair Bolsonaro, Presidente da República, e seu ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta. Agora, o Presidente tem o apoio dos militares do Planalto para a demissão do ministro, que deve acontecer ainda essa semana.

Mandetta e sua equipe seguem trabalhando normalmente, mas já especulam a exoneração. O pedido do presidente deve ser executado entre hoje (quarta-feira) e a próxima sexta-feria (17/04).

O ministro da saúde já declarou que não pedirá demissão do seu cargo. Enquanto isso, três novos nomes já estão na lista do Presidente para a substituição no ministério.

É fato que o presidente e seu ministro da saúde começaram a se desentender quando esta pandemia que vivemos começou. A decisão de Mandetta em apoiar e indicar a quarentena e o isolamento social irritou muitas vezes o Presidente, que descordou incansavelmente.

PUBLICIDADE