Motorista morta durante assalto levou mais de 70 golpes de faca

Os fatos em questão foram constatados após a investigação da Polícia Civil

PUBLICIDADE

Luciana Cordioli, uma motorista de aplicativo, recentemente foi morta durante um assalto. O seu corpo foi encontrado próximo a uma região de mata, localizada na cidade de Fernandópolis, interior de São Paulo.

De acordo com informações publicadas pelo G1, Luciana foi esfaqueada e recebeu mais de 70 golpes de Jovanilson Soares Nogueira, um lavrador de 19 anos de idade. Na ocasião, ele tentou fugir do local do crime, mas acabou sendo pego pelas autoridades competentes após o carro da vítima parar de funcionar.

PUBLICIDADE

Ainda segundo o G1, Jovanilson foi condenado a 30 anos de prisão pelo crime. As informações em questão aparecem também na sentença emitida pelo juiz Vinícius Castrequin Bufulin, da 2ª Vara Criminal de Fernadópolis. Ele foi o responsável por condenar o jovem lavrador à sentença citada anteriormente.

Ainda na sentença de Bufulin, após ser questionado pelas autoridades competentes Jovanilson Soares não demonstrou se arrepender de ter matado Luciana Cordioli. De acordo com a sentença do juiz, o lavrador demonstrou “intensa vontade de matar” ao aplicar as facadas em sua vítima.

PUBLICIDADE

É válido ressaltar ainda que durante a sua investigação, a Polícia Civil descobriu que Jovanilson havia solicitado através do aplicativo uma corrida de Urânia a Fernandópolis. No trajeto em questão, ele anunciou que se tratava de um assalto e esfaqueou Luciana nas imediações da Rodovia Euclides da Cunha. O crime em questão aconteceu ainda em 2020, no mês de dezembro.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.