Mulher foi mantida em cárcere privado durante 9 horas em Piracicaba, SP, foi vítima de agressão e teve dois dentes quebrados; suspeito foi detido

Namorado, confirmou os crimes.

PUBLICIDADE

Neste domingo (23), um homem foi detido em flagrante em Piracicaba (SP), após ter agredido, ameaçado, e manter a companheira num cárcere privado, durante nove horas. Segundo as informações da Guarda Municipal, o suspeito ainda cortou o cabelo e quebrou dois dentes da mulher, no qual ainda a ameaçou de morte, no momento que estava a ser preso.

De acordo com o agente que atendeu a ocorrência, a corporação tinha recebido uma denúncia sobre o ocorrido, e quando chegaram no local, encontraram um buraco feito numa parede, onde o suspeito fazia ameaças à vítima usando uma faca, além de proibir a saída dela do local.

PUBLICIDADE

Os agentes, entraram em ação e abordaram o suspeito. Naquele instante, a vítima abandonou a casa, segundo os agentes, ela tinha o nariz a sangrar, possuía de diversos hematomas por todo o corpo, e tinha dentes quebrados, além de ter tido o cabelo picotado.

PUBLICIDADE

A vítima no qual a identificação não foi revelada, disse aos agentes, que residia com o suspeito, aproximadamente há três meses, no qual na madrugada deste domingo, ela teria dito uma frase, que deixou o homem furioso.

“A mulher mais bonita da rua”.

PUBLICIDADE

Possivelmente tudo indica, que esse foi o motivo, que o suspeito puxou pelos cabelos para o interior da residência e espancou. Ele a manteve durante nove horas, retida no interior da residência, e proibiu a saída dela de casa, onde a agrediu.

Um dos guardas, que tomou conta do caso, relatou que ele a torturou mesmo, onde cortou o cabelo, lhe bateu na face, deu socos na boca dela, no qual ainda lhe arrancou os dentes.

A mulher disse a equipe da guarda, que foi submetida por obrigação a manter relações intimas depois de ser ameaçada. A mulher foi socorrida, e levada até uma unidade do UPA, onde recebeu atendimento e já teve alta.

Suspeito confessou os crimes, de acordo com o agente policial Quando foi interrogado, o homem confirmou que cometeu os crimes. Que ainda disse que tinha a certeza que ia ser detido., mas que quando saísse em liberdade, iria matar a vítima.

O suspeito foi detido, e levado até à delegacia, onde permanece detido acusado de violência doméstica, lesão corporal de natureza grave, e cárcere privado. Além disso, ele já tinha outras passagens pela polícia, de algo semelhante.

PUBLICIDADE

Escrito por Carla Sofia

Sou especialista em Receitas, dicas e saúde! Gosto sempre de estar atualizada de novas receitas e formas medicinais!