Mulher que foi vítima de abuso coletivo se recusou a abortar o filho gerado: “Minha maior benção”

Ela relatou ter sofrido muito na noite em que ela ficou grávida.

PUBLICIDADE

Paula Peyton, começa seu testemunho com uma frase que muitas pessoas pensam não ter sentido “Um presente honroso e sincero é isso que significa o nome do meu filho”.

Isso porque essa criança foi gerada após ela sofrer um estrupo coletivo, e com isso ela tenta ajudar de alguma forma algumas mulheres que possivelmente passou pela mesma situação que a dela.

PUBLICIDADE

Ela é de Memphis, Tennessee nos Estados Unidos, e teria nascido após sofre um estupro no ano de 1991, ela agora é mãe de Caleb que também foi fruto de um abuso coletivo que ela sofreu em 2017.

Paula trabalha como diretora executiva da Hope After Rape Conception , uma organização dedicada a ajudar mães que passaram por estupro e precisam de apoio para criar seus filhos, organização não possui fins lucrativos.

PUBLICIDADE
Ela disse que sofreu muito na noite em que ela ficou grávida. Afinal, uma das piores situações que uma mulher pode vivenciar é a intimidade sem consentimento, esse acontecimento marcou a vida dela para sempre.

Paula explicou que depois do trauma, ela continuou chorando, se perguntando por que isso aconteceu. Ativistas de direitos humanos tomara medicamentos para prevenir infecções e sofreram terríveis efeitos colaterais, passada algumas semanas, ela descobriu que estava esperando uma criança.

Depois de saber que estava grávida, ela se sentiu muito feliz e sabia que seu destino seria ser a mãe do bebê que estava a caminho. Considerando a experiência da mãe, muitas pessoas tentaram forçar Paula a fazer um aborto porque achavam a ideia sem noção.

PUBLICIDADE

Isso levando em consideração oque ela passou para ter gerado a criança, algumas pessoas não quiseram mais ter contato com ela e até agendaram consultas em clínicas de aborto sem seu consentimento.

mesmo com tantas criticas ela levou a gestação a diante, e conta que quando o filho nasceu foi a maior alegria, e faz questão de ressaltar que seu filho foi a sua maior benção recebida.

PUBLICIDADE

Escrito por Margareth Santos

Gosto de dedicar uma parte do meu tempo levando noticias e informações através de matérias relacionadas a tudo, inclusive de saúde, culinária, famosos e do mundo da maternidade.