Mulher que matou grávida para roubar criança será morta com injeção letal

Uma criminosa norte-americana assassinou uma gestante depois de enganá-la,falando que iria comprar um cão.

PUBLICIDADE

Um crime chegou a viralizar por todo o mundo, e esse será o que você vai ler logo abaixo. O crime se trata de uma mulher que assassinou uma gestante a facadas e teria roubado seu bebê. O caso ocorrido acabou chocando o mundo e atualmente, a suspeita do crime está sendo condenada à morte, se considerando a primeira mulher há cerca de 7 décadas.

Ocorridos igualados a esse são bem difíceis de ocorrer e só crimes bastante graves são considerados com uma pena de morte. Vale ressaltar que igualado a esse, dificilmente, mulheres são as autoras deles. Tudo ocorreu nos EUA quando Lisa Montgomery, pelo ano de 2004, teria decidido realizar uma grande viagem para passar a perna em uma gestante. Em dezembro do mesmo ano citado, Lisa se encaminhou ao estado de Kansas até à residência de Bobbie Jo Stinnett, localizada no Missouri; dirigindo seu próprio automóvel.

PUBLICIDADE

De acordo com os detalhes dados pelo Departamento de Justiça, a autora do crime se encaminhou até a residência da grávida, com objetivo de comprar um cão. Assim que entrou em sua casa, Lisa teria dado início a um estrangulamento em Stinett. A moça se encontra em um gestação de 8 meses.

Depois de perder a consciência, a criminosa pegou uma faca na cozinha e começou a cortar o abdômen da grávida. A gestante voltou consciente e começou uma luta, até o momento da criminosa conseguir estrangulá-la até morrer.

PUBLICIDADE

Lisa tirou o bebê da barriga e logo o sequestrou. O corpo da grávida foi encontrado por sua própria mãe. Já Lisa, foi detida no dia seguinte em sua residência. Desde 2004, Lisa permanece na prisão e vem sendo julgada. A criança, ainda naquela mesma época, chegou a ser encontrada na casa dela e teve sua devolução para seu próprio pai.

Lisa é condenada à morte e irá sofrer com a pena de morte pelo dia 08 do próximo mês, dezembro. Ela irá tomar um injeção letal e logo se tornará a segunda mulher que o governo dos EUA irá executar depois de 70 anos.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.