Pastor afirma que sócio é abusador para convencer fiéis a assassiná-lo

Polícia investiga o caso.

PUBLICIDADE

Um crime bárbaro que está sendo investigado pela Polícia Civil de Goiás, levou os agentes de segurança a desvendar um plano macabro de um pastor para eliminar seu sócio com quem tinha uma desavença financeira.

No último dia 21 de novembro, um pastor e ex-policial militar foi preso na cidade de Goiânia, capital do estado de Goiás, acusado de aliciar quatro fiéis da igreja onde ele era líder religioso a matar seu sócio.

Ainda segundo a Polícia Civil, o pastor que não teve sua identidade revelada, inventou que a vítima identificada como Sebastião Filho Ibiapiano de Miranda, de 41 anos, era um abusador e assim convenceu os quatro jovens a cometer o assassinato, os autores têm entre 18 e 24 anos.

O corpo da vítima foi encontrado em um córrego no último dia 13 de novembro. Ainda segundo os agentes de segurança, o pastor e a vítima tinham uma casa de eventos e mantinham uma sociedade bastante conturbada.

PUBLICIDADE