Pedófilo se passava por menina com perfil falso para atrair jovens homossexuais de 14 anos: “Autor matinha contato com mais de 100 crianças”

A PCDF identificou que o pedófilo manteve contato com quatro adolescentes no DF. Dois deles já foram procurados pelos investigadores. O primeiro é um garoto de 12 anos,

PUBLICIDADE

Após um período de investigação a polícia civil do Distrito Federal no dia 21 de julho em Teresina prendeu um homem no qual estava sendo investigado, ele possuía diversos perfis falsos nas redes sociais.

Ele é acusado de crime sexual, o homem de 24 anos além da página que fingia ser uma adolescente por nome de Luíza Emanuele havia diversos outros perfis a onde ele se comunicavam com adolescentes homossexuais de 14 e 15 anos de idade.

PUBLICIDADE

Uma perícia foi feita no celular do suspeito e identificaram o uso do perfil com o nome de João Gustavo, ele usava o perfil de um outro menino.

Segundo a investigação ele usava esse perfil para conversar com adolescentes marcar encontros e realizar suas práticas de abuso infantil, principalmente contra adolescentes homossexuais.

PUBLICIDADE

Os policiais da 13ª Delegacia de Polícia após uma investigação descobriram que o criminoso sempre escolhia garotos de 14 anos, conversava em plataformas de jogos e se fingia de menina.

Todas as páginas eram falsas e com isso ganhava a confiança de adolescentes, a polícia do Distrito Federal identificou que o homem já manteve contato com quatro adolescentes, o primeiro um garoto de Sobradinho de 12 anos e um adolescente de 14 anos de Guará.

PUBLICIDADE

Os menores deverão ser ouvidos na delegacia, até o momento a polícia Já identificou mais de 100 crianças pelo qual o homem manteve contato, a polícia ainda investiga o caso, o Suspeito pode ser acusado por pedofilia.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.