Presidente Jair Bolsonaro negocia com Ministros a retomada de auxílio emergencial, Pacheco vê “expectativa positiva”

O presidente Jair Bolsonaro e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), comentaram nesta segunda-feira (8) os debates sobre uma possível retomada do auxílio emergencial. Bolsonaro disse estar "negociando" o tema com ministros

PUBLICIDADE

O Presidente da República Jair Messias Bolsonaro e o presidente do Senado Rodrigo Pacheco falaram na última segunda-feira (8) sobre as discussões que estão tendo sobre a retomada do auxílio emergencial.

Bolsonaro diz que está negociando com os ministros, o tema está sendo levado e discussão essa semana e a expectativa é positiva, espera que a resposta saia ainda essa semana para ver se volta ou não o auxílio emergencial.

PUBLICIDADE

Nenhum político entrou em detalhes sobre o que é, qual o teor das conversas nem mesmo os valores do benefício, apenas disseram que estão negociando para retomada do auxílio.

Bolsonaro apenas disse que está negociando e entende essa situação que o país está vivendo e o auxílio é para socorrer as famílias de baixa renda.

PUBLICIDADE

Entende que a vacina já iniciou, mas mesmo assim todos estão em meio a pandemia, as empresas não estão funcionando, os trabalhadores estão sem emprego e talvez seja realmente necessário a retomada do auxílio emergencial.

O Brasil precisa continuar tendo cuidado com os contratos e os investidores os contratos não podem ser quebrados, o Brasil precisava alcançar e crescer.

PUBLICIDADE

Rodrigo Pacheco presidente do senado falou sobre o tema e disse que estão realizando reuniões, já tinha feito uma reunião com Paulo Guedes sobre o assunto e o Ministro da Economia também falou sobre a possibilidade da retomada do auxílio emergencial.

Mas claro que todos precisam entender que há uma compreensão do Ministério da economia e o auxílio emergencial deve ser incrementado com algum programa social.

Em 2020 o auxílio emergencial pagou parcela de R$600 e de R$ 300, chegou para mais de 68 milhões de pessoas e saíram dos cofres públicos mais de 290 bilhões de reais.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.