Quem é a professora grávida que perdeu a vida pelas mãos do marido agressivo

A polícia segue investigando o caso.

PUBLICIDADE

Na última segunda-feira (26), um crime bárbaro devastou uma família, deixou um bebê de 1 ano e 11 meses órfão de mãe e entrou para as estatísticas assustadoras dos feminicídios que acontecem diariamente no Brasil.

De acordo com as investigações preliminares da polícia, a vítima identificada como Beatriz Zuza Nogueira dos Santos foi brutalmente agredida por seu companheiro até a morte.

Familiares de Beatriz afirmaram que a professora estava grávida do segundo filho do casal. O homem identificado como Jefté Aragão da Silva, foi preso em flagrante pelo crime de feminicídio provocado por paulada e aborto provocado por terceiros.