Segunda vítima mortal confirmada pelo governo do RJ por coronavírus

Devido a pandemia, um homem e uma mulher já morreram em apenas 24 horas.

PUBLICIDADE

A segunda vitima mortal, é um homem de 69 anos, que sofria de hipertensão, e também diabético, ele enquadra nos mesmos problemas de saúde da primeira vítima mortal no RJ.O estado tem atualmente 65 casos de doença confirmados.

Nesta quinta-feira, a Secretária de Saúde do RJ, deu a confirmação da segunda morte provocada por coronavírus no estado. Uma das vítimas mortais, é um homem de 69 anos que residia em Niterói, sofria de um quadro clínico complicado como diabetes e hipertenso, que não resistiu e veio a ser confirmado o óbito nesta terça (17).

PUBLICIDADE

Na tarde de hoje, a contraprova do exame, deu positivo e a nota foi divulgada no início dessa tarde.Já a outra vítima mortal, também foi confirmada no inicio do dia de hoje, quando saiu o resultado da contraprova de uma mulher residente em Miguel Pereira, também de 63 anos. A vítima também não resistiu nesta terça-feira e tinha os mesmos problemas de saúde da outra vítima.

O idoso de Niterói, chegou a apresentar os principais sintomas, como tosse, febre e mialgia, na última quarta(11). Além disso, ele manteve contacto com um outro caso que viajou para o exterior. Todo o material recolhido para análise, deu entrada no laboratório nessa quarta-feira que também deu positivo.

PUBLICIDADE

O governador Wilson Witzel, confirma mais uma vez, onde deixa um recado a todos os cidadãos: “Esse é o motivo no qual eu reforço para que todos se mantenham em casa, que orem e que acompanhem todas as orientações dadas pelas entidades competentes, para que todos estejamos em segurança, jutos e unidos contra essa pandemia que nos cerca, a nós e ao mundo”.

Ainda assim, o idoso permanecia internado no Hospital Icaraí, que pertence a uma unidade particular, e por choque séptico e pneumonia. Ainda segundo a nota do hospital, um enteado da vítima, que não foi atendido no mesmo local, regressou de Nova York, com o resultado do teste positivo. “O paciente, além da idade, tinha também comorbidades que o colocaram de imediato num grupo de risco”, diz aquela unidade.

PUBLICIDADE

Ainda segundo um comunicado do hospital, “o seu quadro evoluiu com uma insuficiência respiratória aguda, sendo de imediato submetido à entubação orotraqueal, e colocado de seguida em ventilação mecânica. Onde veio a ser declarado o óbito às 19h08 desta terça-feira”.

Já no caso da primeira morte, que foi de uma mulher que apresentou os primeiros sintomas no último domingo. A mulher que se dirigiu a uma unidade de saúde do munício na segunda, onde apresentou uma piora no seu quadro clinico e foi confirmado o óbito nesta terça, no mesmo dia que o material deu entrada no laboratório para análise.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Carla Sofia

Sou especialista em Receitas, dicas e saúde! Gosto sempre de estar atualizada de novas receitas e formas medicinais!