Testemunha alega que Flordelis ofereceu “favores sexuais” da filha a pastores estrangeiros

PUBLICIDADE

No último domingo (30), um depoimento obtido pelo programa Fantástico, exibido pela Globo, revelou novos detalhes a respeito da investigação da deputada federal Flordélis, que está sendo apontada como a mandante do assassinato do pastor Anderson Carmo, com quem era casada.

De acordo com o depoimento em questão, a deputada chegou a oferecer uma das filhas adotivas do casal para um pastor estrangeiro.

PUBLICIDADE

Segundo o depoimento exibido, a testemunha responsável por revelar o ocorrido destacou que a família recebeu uma vista de pastores pentecostais estrangeiros.

Assim, o depoente se lembrou que durante a visita em questão, como forma de dar as boas-vindas aos homens, Flordélis afirmou que uma das suas filhas poderia lhes prestar favores sexuais.

PUBLICIDADE

Ainda sobre os novos depoimentos do caso, de acordo com o G1, algumas testemunhas chegaram a alegar que Anderson estava mantendo relações sexuais com uma das suas filhas adotivas.

Além disso, os depoimentos também afirmam que ele e a esposa passavam “noitadas em casas de swing”. De acordo com as denúncias, a imagem construída pelos dois não é condizente com as práticas que adotavam em suas vidas pessoais e enquanto família.

PUBLICIDADE

Segundo uma das testemunhas, o relacionamento sexual entre Anderson e a filha adotiva era do conhecimento de Flordélis. A deputada, entretanto, supostamente não gostava da prática, mas respeitava os desejos do pastor de dar continuidade.

PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.