Traficantes colocam pitbull para devorar genitália de estuprador e vídeo é aterrorizante

Traficantes usaram cão da raça pitbull para atacar homem suspeito de estupro.

PUBLICIDADE

Uma das notícias mais chocantes dos últimos dias vem do México e o caso está repercutindo na imprensa local e internacional. Na Cidade do México, capital do país, uma gangue de traficantes usou um pitbull como arma para atacar um homem suspeito de estupro.

Em praticamente todos os lugares do mundo, o estupro é considerado um crime mais grave que os demais. No Brasil, por exemplo, é comum que estuprador sejam presos em áreas diferentes dos demais detentos nas cadeias.

Os estupradores ficam no chamado “seguro”. A convivência com presos comuns pode significar a morte dos estupradores. Em rebeliões, normalmente eles são os primeiros a serem atacados.

No México, a violência está generalizada e o nível de crueldade dos traficantes em guerras contra gangues rivais ou contra estupradores tem sido aterrorizantes. Normalmente, muitas das cenas são gravadas.

PUBLICIDADE

A do ataque ao estuprador, por exemplo, foi. quem viu o vídeo que circula pela internet concorda que as imagens são para lá de chocantes. O suspeito de estupro aparenta ter cerca de 30 anos.