Traficantes colocam pitbull para devorar genitália de estuprador e vídeo é aterrorizante

Traficantes usaram cão da raça pitbull para atacar homem suspeito de estupro.

PUBLICIDADE

Uma das notícias mais chocantes dos últimos dias vem do México e o caso está repercutindo na imprensa local e internacional. Na Cidade do México, capital do país, uma gangue de traficantes usou um pitbull como arma para atacar um homem suspeito de estupro.

Em praticamente todos os lugares do mundo, o estupro é considerado um crime mais grave que os demais. No Brasil, por exemplo, é comum que estuprador sejam presos em áreas diferentes dos demais detentos nas cadeias.

PUBLICIDADE

Os estupradores ficam no chamado “seguro”. A convivência com presos comuns pode significar a morte dos estupradores. Em rebeliões, normalmente eles são os primeiros a serem atacados.

No México, a violência está generalizada e o nível de crueldade dos traficantes em guerras contra gangues rivais ou contra estupradores tem sido aterrorizantes. Normalmente, muitas das cenas são gravadas.

PUBLICIDADE

A do ataque ao estuprador, por exemplo, foi. quem viu o vídeo que circula pela internet concorda que as imagens são para lá de chocantes. O suspeito de estupro aparenta ter cerca de 30 anos.

Ele aparece cercado por uns cinco homens, que tiram sua roupa. De repente, surge um cão da raça pitbull com pelos brancos e pretos. O animal ataca as partes íntimas do homem. O suspeito grita bastante. No final do vídeo, dá para ver que o órgão genital foi totalmente arrancado pelo animal feroz.

PUBLICIDADE

As informações que se tem é que o vídeo foi gravado no mês passado. A divulgação da barbárie teria servido como alerta a outros estupradores da região. A imprensa mexicana destacou o emprego da violência por parte dos carteis de drogas do país.

Em relação ao suspeito de estupro, não se sabe onde e quando ele teria cometido esse crime. Não se sabe também o seu estado de saúde no momento. Algumas pessoas especulam que ele tenha sido morto depois do ataque, mas não há confirmação oficial por parte das autoridades policiais do México.

O vídeo com o ataque do pitbull ao suspeito de estupro não será publicado neste artigo porque as imagens são muito fortes. Nas redes sociais, muitos internautas tem buscado e encontrado o vídeo com a barbárie.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista profissional desde 2015. Escrevo sobre política, famosos, curiosidades e tudo que possa render bons textos e boas histórias!