‘Você saiu da senzala mas a senzala não saiu de você’ disse a dentista que recebeu punição

A dentista foi punida por seus atos de racismo

PUBLICIDADE

A dentista que vive na cidade localizada a 536 km de Teresina, ela foi condenada a dois anos e quatro meses na cadeia, foi acusada de cometer racismo e injúria racial, fora de 3 meses por tentativa leve de lesão corporal.

Carlos Alberto Bezerra Chagar, da primeira vara da Comarca de São Raimundo Nonato, no estado Piauí, ele determinou a prisão da dentista Delzuíte Ribeiro de Macêdo.

Então o Tribunal de Justiça no Piauí mostrou a sentença que foi feita pelo juiz em sua pagina do portal oficial. Segundo diz a sentença, os três crimes teriam sidos cometidos contra uma mesma pessoa, que foi identificada no processo como Thaiane Ribeiro Neves.

Como diz a acusação, a criminosa teria usado sua rede social para fazer os atos de racismo contra a vítima. Em uma das publicações feitas a dentista diz que já viu que a vitima teria saído da “senzala”, mas a “senzala” ainda não saiu de você.

PUBLICIDADE