A trajetória de vida da luta de um médico contra a Covid-19, história contada pela mãe:”Partiu de sonho realizado”

Nesta história, é contada a história de Danilo dos Santos Silva, que junta a realidade de RJ e PA.

PUBLICIDADE

O enfermeiro de 33 anos, nasceu em Belém, uma das cidades com mais mortalidade do vírus.Ele que combatia na linha da frente. A história e contada pela mãe Francisca, Diarista e Manicure, e o marido de Danilo, Gilberto Amaral, que contam uma trajetória de vida de Danilo.

Francisca, começa por contar que fez de tudo, para que o seu filho tivesse a melhor educação. O Danilo desde pequeno teve o sonho de ser médico, mas ele tinha medo de fazer a prova de medicina e não passar. Ele vivia numa casa humilde, eu criei o meu filho, formei o meu filho no Pará.

PUBLICIDADE

Com 16 anos ele fez enfermagem, depois ciência de licenciatura, engenheiro ambiental. Ele passou nas três com 16 anos era o aluno mais novo. Ele cursou dois anos em ciência biológica e Federal. Um dia ele falou minha mãe quero fazer medicina.Ele se inscreveu e pediu mãe não conta nada para ninguém, se eu não passar.

Ele passou em segundo lugar.Nós estávamos nessa casa com a rádio ligado, mas não ouvimos o nome dele. E ele disse eu não passei, não ouvi meu nome. Aí chegou uma moca chegou em casa, bateu na porta e deu a notícia, Danilo passou em segundo lugar.

PUBLICIDADE

Naquela época não havia computador, então ele foi na casa da vizinha que tinha computador, e ele confirmou que tinha passado. Então mandei comprar, fogos e nesse dia comprei feijão para fazer uma boa feijoada. No meu coração ele ia passar. Ele sonhava morar no RJ e acabou por lá ficar.

Quando Danilo adoeceu, ele estava lá trabalhando e eu preocupada com ele, porque estava na linha da frente. Eu dizia meu filho, a mãe esta orando para que ninguém apanhe essa doença e ele disse continue orando muito, mas ele já estava doente.

PUBLICIDADE

Na sexta-feira Santa ele tinha passado mal e me ligou,o que é o almoço?A gente tinha comprado bacalhau e disse você come aqui, vou fazer uma boa salada de bacalhau. Quando foi no sábado ele ligou de novo, ele já não passa bem.

A mamãe continua orando por você e por todo o mundo. Na quarta eu mandei boa dia,ele não respondeu, mandei boa noite também ele não respondeu, já na hora da novela, a minha filha me ligou e disse mamãe você está onde?

Estou assistindo a novela. Não tenho uma noticia muito boa para dar.Gilberto me ligou e disse que Danilo esta internado está muito mal e vai ser entubado.Uns dias depois a médica ligou e disse seu filho hoje está um pouco melhor, mas não pode ficar agitado.

No sábado Gilberto telefonou a dizer que ele voltou a passar mal, e eu comecei a orar a Deus para não levar o meu filho. No domingo de manhã, dia das mães eles telefonaram, eram 8 horas da manhã a minha sobrinha, chegou e disse tia senta no sofá.

Tia seu filho, lutou até ao último dia, foi um guerreiro. Mas Deus o levou o levou A mãe finaliza contando que não está fácil, viver assim, todo mundo tem que ficar em casa, é muito sério.

PUBLICIDADE

Escrito por Carla Sofia

Sou especialista em Receitas, dicas e saúde! Gosto sempre de estar atualizada de novas receitas e formas medicinais!