“Achei que abuso sexual era normal”, diz jovem que foi estuprada pelo pai aos 5 anos

PUBLICIDADE

Jessica tinha apenas 5 anos quando começou a sofrer abuso sexual de uma pessoa que morava em sua casa, ela contou que só notou que algo estava errado quando tinha 11 anos e passou a ter uma matéria que tratava do assunto na escola.

Segundo a menina tudo acontecia quando seu irmão ia para o karatê e também quando as pessoas de sua casa iam dormir, com 5 anos ela entendia que isso era algo normal que acontecia em todas as casas e que era normal segundo ela.

PUBLICIDADE

Aos 11 anos em uma aula de educação sexual da escola ela entendeu o que acontecia em sua casa e ficou em choque, contou para seus familiares porem ninguém acreditou na história da menina que a partir deste momento dizia sempre não para seu pai.

O pai de Jessica pediu um visto para ir a Tailândia, onde se compra crianças de forma fácil, e foi aí que ela após 10 anos do acontecido decidiu confrontar o pai gravando toda a conversa em que ele confessou o que havia feito, também pediu desculpas pelo que havia feito e disse que não tinha como  se desocupar o suficiente.

PUBLICIDADE

Peter foi preso em casa após 8 acusações de abuso sexual infantil com menores de 10 anos declarou que era culpado e foi condenado a apenas seis anos de prisão, sua filha disse que ele praticou abuso por mais tempo do que foi condenado.

 

Via: revistacrescer.globo.com

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Escrito por Julia Carolina

Gosto sempre de trazer novidades e curiosidades para manter o publico informado no dia dia, sigo a linha de noticias infantis e voltadas ao publico materno, alem de receitas e remédios caseiros.