Adolescente de 17 anos que morreu após ter intestino perfurado em cirurgia escreveu carta onde fala sobre sonho de se formar em medicina: “Olá Milene do futuro”

Médico que fez o procedimento em um hospital de Goiânia foi indiciado por homicídio culposo. Mãe de Milleny Lopes fala da dor de perder a filha, que tinha 17 anos: 'Queremos justiça'.

PUBLICIDADE

Milene Lopes Costa de 17 anos morreu após o intestino ser perfurado durante uma cirurgia que foi realizada na cidade de Goiânia.

A jovem quando fez 15 anos de idade escreveu uma carta projetando vários desejos para o futuro, um sonhos que tinha e entre eles estava formar em medicina.

PUBLICIDADE

O médico Wilson Moisés Oliveira foi indiciado por homicídio culposo pela morte da adolescente Milene, a reportagem tentou entrar em contato com a defesa do médico mas não houve retorno.

PUBLICIDADE

A adolescente morreu no ano passado no mês de setembro após uma infecção generalizada, segundo as investigações houve negligência por parte do médico durante todo o procedimento.

Foi realizado uma cirurgia e os cuidados não foram tomados de maneira adequada e houve uma infecção.

PUBLICIDADE

A carta escrita por Milene foi endereçada a família, a garota projetava diversos sonhos quando estivesse mais velha, um trecho da carta a adolescente diz: Olá Milene do Futuro por enquanto estou pensando em ser médica com 18 anos que tenha muito juízo, seja feliz fazendo apenas aquilo que gosta que ama e que seja um grande ano na sua vida.

Vera Lopes Vieira de 50 anos mãe da adolescente conta que a filha era apaixonada pela vida, tinha muitos amigos era muito alegre e gostava de sempre materializar os seus sonhos.

A vida dela foi interrompida por uma negligência e o que todos desejam é justiça, o consolo para toda a família é saber que ela irá descansar em paz, disse a mãe.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.