Ainda não recebeu o auxílio emergencial? Governo lança novo aplicativo que mostra o motivo

A notícia pode ajudar muitos brasileiros a conseguir o benefício do governo.

PUBLICIDADE

O Brasil e o mundo vivem um período bastante delicado da história, pois o surto do coronavírus tem feito milhões de vítimas em todo o planeta. Ao todo, já foram confirmados aproximadamente 3,68 milhões de casos de pessoas contaminadas pelos vírus e quase 260 mil mortes registradas.

Os números mas atuais divulgados pelo Ministério da Saúde bateram o record nacional de mortes em 24 horas, neste período foram registradas 600 mortes. No total já são 116 mil contaminados e 7.966 mortes.

PUBLICIDADE

Por conta disso medidas foram tomada pelo Governo Federal para amenizar as consequências econômicas do país, dentre elas o auxílio emergencial prevê um benefício de 600 reais ou até 1.200 reais por família dependendo da característica.

As pessoas que tem direito ao auxílio são micro empreendedores individuais devidamente cadastrados no MEI, trabalhadores informais, autônomos e desempregados.

PUBLICIDADE

Mas infelizmente muitas pessoas que se cadastraram no aplicativo da caixa foram recusadas, e por conta disso uma nova ferramenta possibilita que seja esclarecido o motivo do não recebimento.

A ferramenta pode ser acessada no link: https://consultaauxilio.dataprev.gov.br/ e para isso a pessoa que for consultar deve preencher alguns dados, como,  cpf, data de nascimento, nome completo e nome da mãe completo (caso ela seja desconhecida, existe a opção de “mãe desconhecida”).

PUBLICIDADE

A consulta é rápida é muito fácil de ser executada e ao mesmo tempo pode ajudar milhões de brasileiros que ainda não receberam o auxílio emergencial. Por isso, Não se esqueça de compartilhar esta matéria com todos os seus amigos, familiares e pessoas próximas para que elas possam desfrutar desta informação.

Também é importante ressaltar que cada um pode fazer a sua parte no combate ao coronavírus, através de medidas simples, como evitar aglomerações, utilizar sempre máscara de proteção, lavar sempre as mãos e manter, manter a casa sempre limpa e higienizada e evitar o compartilhamento de objetos pessoais.

 

 

 

PUBLICIDADE

Escrito por Redatora Nh

Escritora desde 2012. Sempre antenada nas redes sociais, por dentro das novidades, estudando e buscando o melhor para transmitir aos nossos leitores.