Aluno de 13 anos invade escola no interior de São Paulo com artefato explosivo e atira contra coordenadora

Um aluno de 13 anos invadiu uma escola em Americana, interior de São Paulo, com um artefato explosivo e também uma espingarda. Ele chegou a atirar em uma funcionária e, depois, em si mesmo

PUBLICIDADE

Na última segunda-feira (29) um aluno de 13 anos invadiu a Escola Americana no interior de São Paulo com uma espingarda e artefato explosivo.

PUBLICIDADE

Ele chegou a ferir uma funcionária depois tentou se matar eles foram levados para o hospital e nem um corre risco de morte.

PUBLICIDADE

O Grupo de Ações Táticas especiais da Polícia Militar foi acionado, compareceram até a escola segundo os policiais o aluno chegou à acender uma das garrafas com produto químico mas não explodiu como deveria.

PUBLICIDADE

A arma que o aluno utilizava era de chumbinho e seria da família provavelmente do pai dele, a polícia está investigando como ele conseguiu esses materiais principalmente o artefato explosivo.

Segundo a polícia nas garrafas continham ácido etílico e outras substâncias que não são fáceis de sê adquiridas no comércio e provavelmente teve ajuda de alguma pessoa para conseguir as substâncias.

A invasão aconteceu na segunda-feira por volta das 15 horas, no colégio havia poucos professores e alguns alunos devido a restrições da pandemia não estava em completo funcionamento.

A policial militar informou que o aluno tentou ferir uma diretora e uma coordenadora da escola, o objetivo dele era a diretora ele tentou acender as garrafas mas não teve êxito, ele acabou também se ferindo com um disparo de arma de chumbinho tentando se matar, ele foi levado para o hospital e não corre risco de morte, logo após ser liberado irá para a Fundação Casa.

 

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.