Amigo da família abusa de menina de 5 anos e joga corpo no rio: “Não me recordo de um crime tão bárbaro”, diz delegado

Homem de 35 anos foi preso em flagrante pela Brigada Militar. Ele tem antecedentes criminais, foi encaminhado ao presídio da cidade e pode pegar pena máxima, segundo a Polícia Civil.

PUBLICIDADE

Sábado (4) uma menina de apenas 5 anos de idade foi raptado e abusada sexualmente por um amigo da família.

O caso aconteceu na cidade de Lajeado Vale do Taquari, segundo informações da Polícia Civil, a menina foi encontrado boiando no rio ela foi levada para o hospital Bruno Born lá foi constatado o óbito da criança.

PUBLICIDADE

O delegado Dinarte Marshall Júnior disse que foi um dos crimes mais bárbaros que viu na cidade de Lajeado nos últimos tempos, não se recorda de nenhum crime tão Bárbaro disse o delegado, a policial civil informou que a criança foi convidada a ir a um supermercado a mãe autorizou que a criança fosse.

PUBLICIDADE

Após uma hora sem retornarem ela saiu à procura da criança com outras pessoas, a Polícia Militar foi acionado a respeito do sumiço da menina, buscas foram realizadas em toda parte.

A mãe chegou a registrar boletim de ocorrência na Polícia Civil, o corpo de bombeiros também ajudaram na procura, posteriormente os soldados encontraram o homem retornando do rio estava com a roupa suja e molhada e havia sinais de luta corporal.

PUBLICIDADE

Ele foi detido e levado para delegacia os demais agentes continuaram pelas buscas, até que a criança foi localizada sem roupa boiando no rio, ela foi levada para o hospital tentaram reanimar, mas a criança infelizmente não resistiu.

Os policiais informaram que a criança chegou no hospital com parada cardiorrespiratória não tiveram sucesso na reanimação, foi uma grande tragédia na cidade todos estão em choque, o policial coletou a roupa do agressor para passar por perícia.

O corpo da menina foi levado para o Instituto Médico Legal os médicos atestaram que houve violência sexual, a menina foi abusada e logo em seguida o corpo foi lançado no rio já sem respirar, o homem foi preso em flagrante e levado para o presídio, de acordo com o delegado ele será indiciado por estupro de vulnerável pode pegar até 30 anos de prisão.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.