Amigos e familiares deixam flores e homenagens, em calçada de casa onde menina de 14 anos perdeu a vida por tiro acidental em Cuiabá

Isabele Guimarães Ramos, de 14 anos, perdeu a vida no último domingo (12).

PUBLICIDADE

Colegas e entes-queridos da jovem Isabele Guimarães Ramos, de apenas 14 anos, que infelizmente faleceu por conta de um tiro acidental dado pela própria amiga em um apartamento de luxo, na cidade de Cuiabá, largaram flores, homenagens e objetos de pelúcia na frente ao local onde tudo aconteceu.

O ato de homenagem aconteceu no último domingo do dia 19 de julho, alguns dias depois do falecimento da menina. Durante uma entrevista concedida ao Fantástico, a mãe da jovem disse que a ”filha Isabele tinha ido fazer um bolo e foi levada pelo IML.

PUBLICIDADE

Nesta última sexta-feira do dia 17, a casa onde a menina de 14 anos morava foi alvo de uma investigação policial.

PUBLICIDADE

Agentes da  Delegacia Profissional do Adolescente do estado de Cuiabá (DEA) e também da ilustre e importante Delegacia Profissional de proteção da Criança e do Adolescente conhecida por (Deddica), executaram mandados de busca na casa onde a menina de apenas 14 aninhos perdeu a vida.

As investigações também foram feitas na casa do pai do namorado da jovem de 14 anos, que provavelmente é dono de 2 armas que estavam no condomínio onde aconteceu o crime que resultou no falecimento da adolescente.

PUBLICIDADE

Detenção do pai

O pai da garota, que possuía um total de 7 armas, também foi depor na delegacia. Ele precisou ser detido por ter duas armas que não tinham registro, mas acabou sendo solto depois que se compromoteu pagar uma fiança no valor de R$ 1 mil.

O defensor da família, conhecido por Rodrigo Pouso, esclareceu ao portal G1 que a arma era do sogro da menina que fez o tiro acidentalmente. A detenção de Marcelo foi realizada porque ele não possuía registro dessa pistola que ele diz que não é dele.

Compreenda o caso

O crime aconteceu exatamente às 22h30 de domingo em casa de luxo, residida no bairro Jardim Itália. A menina que fez o disparo é da mesma idade da menina que perdeu a vida e usou a arma do pai dela, que é atirador profissional que gosta de esportes de caça.

O Samu chegou a ser chamado, mas quanto os profissionais de saúde chegaram ao local a menina de 14 anos, já estava sem vida. Ela foi achada no banheiro da casa.

A jovem que perdeu a vida era filha do famoso  médico neurocirurgião conhecido por milhares de pessoas por Jony Soares Ramos, de apenas 49 anos, que tragicamente faleceu em um trágico acidente, no mês junho de 2018 na altura da Rodovia Emanuel Pinheiro em (MT-251), na região de Cuiabá. Ele dirigia uma motocicleta e bateu contra uma vaca.

PUBLICIDADE

Escrito por Wellington Pereira Da Silva

Sou Estudante e redator amo escrever as melhores notícias ,curiosidades, historias ,dicas e entretenimento você encontra por aqui.