Antes de começar o namoro mulheres puxam ficha criminal dos pretendentes: “Não quero um relacionamento abusivo”

As mulheres com medo de relacionamentos abusivos estão de olho nos futuros namorados e verificando até a ficha criminal

PUBLICIDADE

Relacionar-se com alguém parece que está se tornando cada dia mais difícil, as pessoas precisam observar como o companheiro ou companheira trata os familiares, amigos, como ele é nas redes sociais e até se ele tem antecedentes criminais.

Essa é uma das estratégias que as mulheres estão tomando com relação ao novo relacionamento, estão procurando informações para não entrar em um relacionamento abusivo.

PUBLICIDADE

Alguns podem pensar que é uma curiosidade mas é um cuidado, Crislaine Oliveira de 27 anos psicóloga, começou a procurar nas redes sociais sobre o histórico das pessoas que estava se relacionando.

Alguns comportamentos que deixava insegura ela não seguia em frente, ela procurou até se as pessoas tinham passagem pela polícia.

PUBLICIDADE

Ela conta sobre um rapaz com quem estava se relacionando, ela procurou e encontrou que ele tinha medidas protetivas contra feita pela namorada, ela então cortou o vínculo rapidamente e não o procurou mais.

Essa dica ela deu para várias amigas que tem feito mesmo, muitas são as pessoas têm se adaptado a essas pesquisas para ter mais informações com quem estão se relacionando.

PUBLICIDADE

Isso é importante pois essa pessoa vai estar do seu lado uma grande parte do tempo e é preciso ser conhecida, quando você conhece uma pessoa nunca é estampado do rosto o que ela é de verdade.

Por isso precisa ir a fundo, procurar os antecedentes, como ela se comporta, como é nas redes sociais, qual é o caráter dessa pessoa, isso vai evitar muitas dores de cabeça e talvez até tragédias.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.