Após discussão homem agride ex-mulher e bebê de dois meses: “As humilhações eram frequentes”

Foi instaurado um inquérito, pela Polícia Civil, para investigar um homem que é suspeito de agredir a ex-mulher, de 28 anos, e a filha de dois meses em Pedregulho, São Paulo, na última segunda-feira (20).

PUBLICIDADE

A polícia civil instaurou inquérito contra um homem suspeito de agredir a esposa de 28 anos e a filha de 2 meses em Pedregulho São Paulo.

O caso aconteceu na última segunda-feira (20) e segundo informações da Polícia a mãe e a filha não precisaram de atendimento médico.

PUBLICIDADE

O suspeito foi preso a mulher conta que ele chegou em casa levando o resto das suas coisas e jogou todas no chão, ele disse que o filho não era dele e começou a agredir com a menina no colo, chegou à bater na sua cara criança.

O homem é autônomo tem 35 anos de idade, a mulher dona de casa, ela sofreu agressões, viveu junto com este homem por mais de dois anos e teve uma filha, ela disse que as agressões eram frequentes quase todos os dias.

PUBLICIDADE

Brigava xingava e agredia fisicamente, a mulher conta que durante todo tempo de relacionamento foi muito abusivo tudo o que ela fazia não estava bom, ele sempre tinha algo para reclamar e muitas vezes chegava a agredir ela e a filha.

Disse também que o suspeito era violento com a enteada de 2 anos, além de ter importunado uma outra enteada de 12 anos, ela conta que ele chegou a sufocar a mais nova puxou o cabelo e agrediu.

PUBLICIDADE

A polícia civil informou que já havia detido esse mesmo homem por causa de agressões contra a ex-mulher, tinha sido liberado da justiça porque foi imposto a uma medida protetiva e não poderia se aproximar dela, mas quando começou esse novo relacionamento veio novamente as agressões e humilhações.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.