Após morte de jovem familiares pedem justiça: “Um dia estávamos em festa, no outro velório”

família pede justiça pela morte de estudante

PUBLICIDADE

Os familiares de Jeane Fagundes de 20 anos que foi atropelada e morta em uma colisão entre um carro e a mota em Balneário Camboriú, pedem justiça.

Eles criaram uma campanha nas redes sociais para cobrar das autoridades investigação para que o responsável que estava no veículo que atropelou a filha e o namorado, venha ser preso.

PUBLICIDADE

O motorista atropelou e não prestou socorro, o acidente foi registrado no último domingo (7) em frente ao Aquário Municipal, a polícia civil informou que o carro foi encontrado pouco após o local onde aconteceu o acidente, estava com a frente toda destruída, mas os donos do carro não foram encontrados.

Na filmagem é possível ver a moto estava Jeane e o namorado, eles diminuir a velocidade para passar em uma lombada quando o carro veio em alta velocidade e atropelou os dois na Avenida Normando Tedesco.

PUBLICIDADE

Com o impacto o namorado Ariel Boff caiu no chão, mas Jeane foi atropelada pelo veículo, o carro passou por cima dela e arrastou por alguns metros, ela morreu no local.

Segundo a polícia o veículo que vinha atrás um Citroen parou e os ocupantes desceram para socorrer as vítimas, os ocupantes do carro envolvido abandonaram e fugiram a pé.

PUBLICIDADE

Nas redes sociais a família de Jeane pede que a justiça seja feita, que a polícia intensifique as investigações e que o responsável pela morte de Jeane seja preso.

Todos da família estão abaladas, pois naquele dia eles haviam festejado tinha realizado uma festa entre a família, no outro dia eles foram ao velório, a prioridade agora é encontrar esse motorista, que ele seja identificado e que ele pague pelo que fez.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.