Ataque de machadinha em escola deixa alunos e professora ferida no RS

A Secretaria de Educação informou que o criminoso era um adolescente

PUBLICIDADE

No começo da tarde desta quarta-feira (21) o Instituto Estadual Educacional Assis Chateaubriand, localizado em Charqueadas, na região metropolitana de Porto Alegre. O ataque deixou pelo menos seis alunos feridos e uma professora.

Foi informado pela Secretaria de Estadual de Educação que o criminoso que invadiu a escola com uma machadinha era um adolescente. A Brigada Militar informou que o adolescente conseguiu fugir do local e agora está sendo procurado pela polícia.

PUBLICIDADE

A Polícia Civil informou que as vítimas do atentado não sofreram nenhum ferimento grave. Elas foram levada para o Hospital de Charqueadas. Os alunos feridos não correm risco devido aos ferimentos.

Entre os alunos feridos estão dois meninos e uma menina de 14 anos de idade, uma menina de 13 anos de idade e duas meninas de 12 anos de idade.

PUBLICIDADE

A Secretaria de Educação informou que segundo foi apurado pela direção da escola, o adolescente em questão não era estudante da escola. Ele também utilizou de coquetel molotov além da machadinha no ataque à escola.

O delegado Marco Aurélio Schalmes, da Polícia Civil de Charqqueadas informou que o criminoso havia entrado no local pelos fundos da escola, e que ao adentrar ele se posicionou em uma sala e jogou o coquetel molotov.

PUBLICIDADE

Ao jogar o coquetel molotov, que não feriu nenhum dos alunos, ele então começou a golpear os alunos presentes no local fazendo uso da machadinha que levava consigo.

Um professor de educação física da escola percebeu toda a movimentação e entrou no local. Ele chegou até mesmo a conseguir imobilizar e desarmar o criminoso. Mas o adolescente acabou conseguindo se desvencilhar e fugiu do local.

Após o ataque foram chamados até o local os Bombeiros e a Brigada Militar para prestar os devidos socorros aos adolescentes e à professora que acabaram sendo feridos devido aos golpes de machadinha proferidos pelo adolescente que invadiu a escola.

A Secretaria se encaminhou para o local. O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB) também informou que seu vice, Ranolfo Vieira Junior também iria se encaminhar para o local onde aconteceu o ataque. Não se tem mais informações a respeito da situação no local e do paradeiro do criminoso.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.