Atenção: Estudos revelam que pais dormem mal por até 6 anos após terem filhos

“Esqueça suas noites de sono” é o tipo de alerta que todo casal que vai ter uma criança ouve dos que já passaram pela experiência.

PUBLICIDADE

Esqueça as suas noites de sono é o tipo de alerta que deveria vir com toda criança, já que os pais não dormirão bem por longo tempo.

Uma pesquisa Ingleza identificou o tamanho desse problema: A pior fase para o sono interrompido dos pais está nos três primeiros meses de vida da criança e geralmente atinge mais as mulheres e dura por pelo menos um período de 6 anos.

PUBLICIDADE

Publicado no periódico “Sleep” o estudo da Universidade de Warwick acompanhou 2541 mulheres de 2118 homens da Alemanha que estavam esperando seu primeiro, segundo ou terceiro filho. Eles foram questionados sobre a quantidade de horas que dormiam e tinham que dar notas de 0 a 10 para qualidade de sono.

Geralmente as mulheres são as mais atingidas, pois as mães acordam mais vezes para ver como o bebê está e afirmaram dormir 40 minutos a menos a cada noite no primeiro ano de vida do bebê. Com a criança já no seu terceiro mês as mulheres relataram uma média de uma hora de sono perdido por noite. No entanto muitos pais são como as mães, acordam toda hora para ver o bebê, ajudam a trocar a fralda a noite e dão mamadeira, esses perdem muitas horas de sono durante a noite.

PUBLICIDADE

Geralmente as mães de primeira viagem dormem menos, pois a cada respirar da criança elas já acordam para ver se está tudo bem com o bebê, isso acontece com todas as mães que aos poucos vão ganhando confiança e conseguem dormir um pouco mais relaxadas.

Portanto se você ainda tem filhos pequenos se prepare para muitas noites de sono interrompido, pois ainda virão febres repentinas a noite que poderão lhe roubar horas de sono, nascimento dos dentinhos, dores de barrigas, medo do escuro, pesadelos, mas a boa notícia é que você poderá recuperar todo o sono atrasado depois de 6 anos se não decidir começar tudo de novo.

PUBLICIDADE

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.