Atenção, pesquisadores alemães descobrem o novo coronavírus no leite materno de mãe infectada

Apesar da descoberta os cientistas dizem que ainda não é possível provar que a criança tenha se infectado com o coronavirus através do aleitamento materno ou pelo contato físico.

PUBLICIDADE

Os pesquisadores de uma universidade na Alemanha descobriram o coronavirus pela primeira vez presente no leite materno de uma mulher que foi infectada pela covid-19.

De acordo com a publicação os cientistas fizeram análises no leite materno de duas mulheres que apresentaram sintomas da doença enquanto estavam internadas no hospital depois de terem dado a luz.

As mães e os bebês recém-nascidos testaram positivo para o novo coronavirus. Os resultados das análises feitas pelos cientistas foram publicadas em uma revista e as amostras do leite da mãe que foi diagnosticada primeiro não continha os traços de RNA viral, mas já a amostra do leite materno da segunda mãe que só apresentou os sintomas depois de ter recebido alta deu positivo por 4 vezes consecutivas.

Apesar da descoberta os cientistas dizem que ainda não é possível provar que a criança tenha se infectado com o coronavirus através do aleitamento materno ou pelo contato físico com a mãe logo após o nascimento.

PUBLICIDADE

Com a suspeita de estar infectada pelo coronavirus a mãe precisou usar máscara no momento de amamentar o filho e precisou desinfectar as mãos, o peito e também a mamadeira que era usada em algumas ocasiões, mas apesar de todos os cuidados a criança também testou positivo para doença.