Ativista defende que devemos derrubar estátuas de Jesus branco por ‘propaganda racista’

O ativista é um dos apoiadores do movimento “Vidas Pretas Importam”

PUBLICIDADE

Um ativista americano está causando polemica no Twitter ao dizer que a imagem de Jesus Cristo é uma forma de propagar o racismo entre as pessoas, Shaun King publicou postagens criticando a imagem que é vendida pelas pessoas como sendo Jesus.

Segundo Shaun essa é uma forma de supremacia, e as imagens que aparecem o homem de cor branca com olhos claros e cabelos lisos devem ser destruídas.

Este ativista já está envolvido em polemica por estar relacionado a organização Real Justice PAC, estes que fazem manifestos e reivindicam direitos de pessoas negras, que também participaram do movimento “Vidas Pretas Importam”.

Com as postagens sendo propagadas a algumas semanas imagens e estatuas de Jesus Cristo estão sendo vandalizadas nos Estados Unidos, algumas sendo pichadas outras destruídas e derrubadas.

PUBLICIDADE