Ator José de Abreu causa na Web ao declarar que o fato de possuir “órgão íntimo feminino” não transforma uma mulher fascista em um ser humano

Diante de um comentário desagradável como esse, o ator foi criticado por ser um homem "machista e misógino".

PUBLICIDADE

O ator Jose de Abreu tem se envolvido em vários episódios de postagens de indiretas alfinetando a atriz Regina Duarte, e por causa de suas declarações ele acabou levando o nome de machista e misógino.

Regina que a pouco tempo teve a honra de receber o convite do presidente Jair Bolsonaro para fazer parte da secretaria especial da Cultura, e após ocupar esse cargo, tem sentido o peso das criticas vindo do ator referente a ela.

PUBLICIDADE

Em uma rede social, José de Abreu chegou a ponto de afirmar que chegaria o momento de tirar a “máscara” de Regina, onde escreveu perguntando “Lembra de quantos gays lhe tiraram rugas? Coloriram seus cabelos brancos? Criaram figurinos para esconder suas banhas?”.

Mesmo recebendo diversas críticas tanto de um lado como do outro, o ator revelou através de um áudio enviado a Mônica Bergamo, colunista no Jornal folha de São Paulo, que teria sido apoiado por inúmeras mulheres que fizeram questão de enviar comentários positivos em seu perfil.

PUBLICIDADE

O ator ainda fez questão de afirmar, que quem oferece apoio ao presidente Bolsonaro, nem deve ter consideração de ser um ser humano, e sim um fascista.

E se explica que não possui nenhum sexo, seja homem ou mulher, pois que oferece apoio a miliciano, torturadores não se pode ser considerado um ser humano, e por isso não tem como ter respeito a quem está do lado de Bolsonaro, isso nas palavras do ator.

PUBLICIDADE

O ator declarou ser uma pessoa bem radical mesmo, e confessa que ele está em um caminho que não tem volta. Atestando que o que ele postou não seria de autoria dele, muitas pessoas o procuram assustadas.

Muitos se perguntam como que pode Regina querer fazer parte de um governo como esse, isso parece um loucura, em tom de deboche ele fala sobre como Regina se refere ao convite do presidente, um “chamado divino”, isso pra ele é difícil de aceitar.

Veja abaixo algumas citações que o ator tentou justificar com os termos que ele utilizou para alfinetar a atriz Regina Duarte por ter aceitado estar no governo de Bolsonaro.

Após a divulgação dessas palavras, o ator recebeu apoio de vários lados, mas ele também foi muito criticado por diversas pessoas, principalmente por algumas mulheres que não concordaram com os termos usados por ele.

 

 

PUBLICIDADE

Escrito por Margareth Santos

Gosto de dedicar uma parte do meu tempo levando noticias e informações através de matérias relacionadas a tudo, inclusive de saúde, culinária, famosos e do mundo da maternidade.