Através de um vídeo tio da menina de 10 anos acusa o avô e outro tio de também abusar da criança, a polícia está investigando

A Polícia Civil do Espírito Santo está investigando os fatos e depois da prisão do acusado denúncias sérias foram feitas por ele.

PUBLICIDADE

O caso da menina de 10 anos que foi abusada pelo tio e acabou grávida precisando da autorização da justiça para fazer um aborto deixou o país chocado.

A Polícia Civil do Espírito Santo está investigando os fatos e depois da prisão do acusado denúncias sérias foram feitas por ele.

PUBLICIDADE

Através de um vídeo o suspeito R. H. de J., acusa outras pessoas da família de terem cometido o mesmo crime, a polícia está investigando se o vídeo é verdadeiro.

O homem teria acusado o avô da criança e outro tio dizendo que gostaria que da mesma forma que iriam fazer um exame dele que fizessem também do avô da criança e do filho do avô que moravam na mesma casa que a menina, acusando assim outras pessoas da família de praticarem abuso contra a criança.

PUBLICIDADE

Na mesma imagem do vídeo o acusado disse que estava em Betim e que havia ligado para polícia para se entregar porque estava com medo de morrer na mão de pessoas que fizessem justiça com as próprias mãos.

Questionado sobre o vídeo o superintendente da Polícia Civil disse que havia alguns vídeos circulando na internet e esses vídeos seriam atribuídos ao suspeito, no entanto a polícia está apurando os fatos, mas afirmou que o suspeito estava preocupado com sua integridade física e por isso teria se entregado a polícia. O caso gerou muita polêmica no país pelo fato de a menina receber autorização para retirar o bebê.

PUBLICIDADE

 

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.