Auxílio Emergencial: Governo estuda prorrogar as parcelas, mas terá que diminuir o valor do benefício

Essa é uma das opções que estão na mesa de negociação da equipe econômica.

PUBLICIDADE

Para conseguir ganhar tempo, até conseguirem o desenho de uma nova política referente aos programas sociais do governo federal, uma das opções de Paulo Guedes ( ministro da economia), é de dar mais uma parcela do beneficio do auxilio emergencial de R$600, porem desta vez, com o valor do beneficio dividido ao longo de 3 meses.

Essa é uma das alternativas que agora estão na mesa de negociação da equipe da economia. Atualmente, o programa do auxilio emergencial previa 3 parcelas do mesmo.

PUBLICIDADE

Mas que por agora, o governo esta estudando uma forma de estender o beneficio, desde que o pagamento mensal seja menor. Isto seria como um modelo de transição, até que os programas sociais possam ser reformulados.

Eles buscam encontrar uma fonte de recursos para poder bancar este aumento de gastos.

PUBLICIDADE

Agora, devera ser feito uma negociação com o Congresso para que não estoure o teto gastos ( que é um mecanismo que consiste em proibir o aumento das despesas acima da inflação). A ideia principal é poder unificar os programas sociais, junto com o Bolsa Família.

Essa reformulação já estava em andamento, antes mesmo da pandemia, e agora esta com extrema urgência. Há uma forte pressão pela extensão do programa nos moldes atuais, por conta do longo período de isolamento, mas o problema é que o governo não há recursos disponíveis para poder bancar o acréscimo do programa por mais tempo.

PUBLICIDADE

Guedes descarta a opção de estender o auxilio por três meses no valor de R$600 “ não há condições de estender o beneficio por tanto tempo”. É preciso encontrar equilibro na fase pós isolamento. Já o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse que tem a impressão de que o auxilio possa precisar ser prorrogado. Nenhum detalhe oficial dos valores foi divulgado ou mencionado por eles.

Mas ele é tão necessário quanto agora neste período que a crise da pandemia trouxe ao país.

 

PUBLICIDADE

Escrito por V Guimarães

Colunista de todos os assuntos, como tv, famosos, culinaria, medicina, filmes, series, saude, bem-estar, lazer. Gosto de todos os assuntos