Banco Central vai imprimir dinheiro para pagar auxílio emergencial

Produção de células por causa da pandemia.

PUBLICIDADE

No início de 2020 muitas pessoas estavam esperançosas para o ano que estava começando e o que o mundo não contava era que uma pandemia iria parar o planeta e certamente o ano de 2020 vai estar marcado na história, principalmente aqui no Brasil.

Entretanto, aqui no nosso país as coisas está sendo mais complicadas, isso porque nesta segunda-feira 11 de maio, foi anunciado que não há células de dinheiro suficiente que seria destinado para pagar o benefício do auxílio emergencial para 60 milhões de pessoas.

Esse benefício foi criado para as pessoas que por algum motivo acabou ficando vulnerável pela crise do covid-19 ou o novo coronavírus, entretanto, parece que nos estoques do Banco Central se encontra um pouco abaixo da meta exigida.

Por causa disso o Banco Central pediu para a casa da Moeda (responsável pela produção de célula no país), para aumentar a demanda da produção de dinheiro físico.

PUBLICIDADE

Vale citar que o aumento dessa produção de dinheiro começa neste mês de maio, e ele tem o intuito de realizar todos os pagamento do auxílio emergencial que o governo está oferecendo para pessoas que foram prejudicadas por causa da pandemia e também pessoas que não tenha renda.