Bebê que morreu em grave acidente de trânsito que matou sua família estava no colo de passageira e todos os ocupantes do veículo sem cinto de segurança

No momento da colisão estava chovendo, o acidente aconteceu na noite de quarta-feira (29).

PUBLICIDADE

A Polícia Militar Rodoviária confirmou a notícia de que no momento do acidente que matou a família na Rodovia Raposo Tavares no quilômetro 182 em Itapetinga São Paulo, o bebê estava no colo de uma passageira e todos os ocupantes do veículo estavam sem cinto de segurança.

Os policiais afirmaram que o acidente aconteceu quando o motorista que vinha sentido a capital perdeu o controle do carro e bateu em outro veículo que estava no sentido contrário.

PUBLICIDADE

No momento da colisão estava chovendo, o acidente aconteceu na noite de quarta-feira (29), Beatriz Coltro Rodrigues de 19 anos, Paulo César de Souza Silva de 34 anos que dirigia o carro e o bebê Cauê Felipe Xavier de cinco meses não resistiram a gravidade dos ferimentos.

O motorista do veículo que foi atingido, Felipe Xavier da Silva de 21 anos, foi socorrido e levado pelo SAMU ao pronto-socorro, mas ao dar entrada no Hospital faleceu, Felipe não tinha carteira de habilitação.

PUBLICIDADE

Segundo a Polícia Rodoviária, no veículo que estava o bebê, um jovem de 16 anos foi socorrido pela equipe do SAMU e levado ao pronto-socorro, foi feito vários exames e foi liberado.

Segundo o instituto Médico Legal de Itapetininga, o boletim de ocorrência foi registrado como homicídio culposo e lesão corporal culposa, o laudo deve demorar alguns dias para sair e através dele será possível obter informação da causa do acidente. Uja grande tragédia, luto por essa família.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.