Bebezinho de apenas de 6 meses de vida morre ao contrair bactéria depois que os pais lhe deram mel

O caso é um alerta, pois muitos pais tem o costume de dar mel para seus filhos.

PUBLICIDADE

Um bebê de seis meses de vida acabou morrendo ao contrair bactéria depois que seus pais lhe deram mel. De acordo com especialistas o mel é um alimento considerado  perigoso para crianças com idade  menor de um ano. A criança desenvolveu botulismo.

A criança foi encaminhada para o hospital, após apresentar convulsões e muita dificuldade para respirar.

PUBLICIDADE

Chegando ao hospital os médicos que o atenderam realizaram os primeiros exames que apontaram que o mel estava contaminado com a bactéria que causa botulismo.

O bebê foi internado e passou um mês no hospital em tratamento, no entanto não resistiu. O corpinho do bebê não conseguiu combater a bactéria que acabou provocando a morte da criança.

PUBLICIDADE

Vale lembrar que o botulismo é muito perigoso para crianças menores de 1 ano, por que as crianças ainda não têm o sistema digestivo como os de um adultos e essa bactéria produz uma toxina que afeta o intestino e pode causar a morte da criança. Um fato lamentável, mas que serve de alerta a todos os pais principalmente aqueles que não sabiam da informação. Agora que você já sabe compartilhe com outras pessoas e evite dar mel para crianças menores de 1 ano.

O botulismo é uma doença neuroparalítica grave, não contagiosa, causada pela ação de uma potente toxina produzida pela bactéria Clostridium botulinum.

PUBLICIDADE

É uma doença bacteriana rara, que entra no organismo por meio de machucados ou pela ingestão de alimentos contaminados, principalmente os enlatados e os que não têm preservação adequada. A morte acontece pela paralisação da musculatura respiratória. Tenha cuidado com tudo o que você dá para seu filho, um descuido pode ser fatal.

PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.